Home / Geral / Após assédio, Justiça obriga jovem a pedir desculpas no Facebook

Após assédio, Justiça obriga jovem a pedir desculpas no Facebook

Um caso de fofoca e assédio virtual teve um desfecho inusitado e virou assunto nas redes sociais. Um jovem de 26 anos espalhou para que mantinha um relacionamento com outra moradora de Vitória, no Espírito Santo. O caso foi parar a Justiça e ele foi obrigado a pedir desculpas públicas à jovem.

Depois de uma audiência de conciliação, Lázaro Dias foi orientado pela Justiça do Espírito Santo a se retratar formalmente com Izabela Stelzer, de 22 anos, no Facebook e no Instagram em modo público. O texto teve mais de 24 000 reações e 6 700 compartilhamentos. A própria Izabela compartilhou a publicação e agradeceu o apoio de colegas e familiares que acompanharam o caso.

“Não o conhecia e ainda não o conheço mas ele entrou na minha vida como um pesadelo. Gerando para mim e para minha família uma dor inexplicável. Ver pessoas próximas a mim acreditando nessa mentira calculada e me julgando foi horrível. Mas graças a Deus, com o apoio da minha família, do meu namorado e dos amigos conseguimos provar a verdade”, escreveu.

O bafafá começou em 2016, quando contou a amigos que teria levado Izabela ao motel. Na época, ele chegou a forjar prints no WhatsApp para comprovar o relacionamento. Ela procurou a polícia e o inquérito teve desfecho no dia 22. Segundo advogados, Izabela negou uma possível indenização por danos morais, optando por ter o boato desmentido publicamente.

MSN/VejaSP

Scroll To Top