sábado , 19 agosto 2017
9 de abril de 2013

Atlético e Cruzeiro têm os melhores números dos times brasileiros da Série A no início da temporada 2013

Não tem para ninguém. No início desta temporada, o futebol mineiro vem se destacando no cenário nacional. Até o momento, Atlético e Cruzeiro são donos das melhores campanhas entre as agremiações da elite do Brasil. E não é para menos. Raposa e Galo são detentores dos ataques mais positivos dentre os 20 clubes que vão disputar a próxima edição da Série A do Campeonato Brasileiro.

Em 2013, o alvinegro conquistou 92,86% dos pontos que disputou até agora. O aproveitamento da equipe celeste é quase o mesmo: 92,59%. Deve-se levar em conta que o Atlético possui uma ínfima vantagem por ter feito mais partidas no ano. Em 14 confrontos, o Atlético venceu 13 e perdeu apenas um, justamente para o Cruzeiro, no primeiro duelo oficial do ano.

A Raposa, por sua vez, obteve oito triunfos e um empate, em nove duelos oficiais. Campanha que torna o Cruzeiro um dos poucos clubes invictos na temporada. Além dos celestes, também não perderam uma partida sequer em 2013 o Gama (DF), o Pimentense (RO) e o Genus (RO). O levantamento foi feito com base nos embates realizados até o último domingo.

Para atingir números tão expressivos, os dois times mineiros contam com artilharia pesada. Com 3,07 tentos marcados por jogo, o Atlético detém a melhor média de gols por partida entre as 20 agremiações que compõem a Série A do Nacional deste ano. A Raposa vem logo atrás, com a marca de 2,67 tentos por confronto.

Diante desse quadro, ficam alguns questionamentos: os rivais mineiros despontam como favoritos aos principais títulos do ano? Será que eles conseguirão manter esse alto nível de performance dentro de campo?

Parao ex-jogador Tostão ainda é cedo para fazer um prognóstico para a Raposa, mas rotula o Galo como um forte candidato aos troféus de campeão na temporada.

“O nível dos estaduais é muito fraco. O Atlético é um dos favoritos a qualquer titulo e vem bem na Libertadores. Já o Cruzeiro, que só jogou o Estadual, não é favorito no Brasileiro, pois precisaria de mais jogadores de alto gabarito. Hoje, aponto Atlético, Corinthians, Fluminense e Grêmio como favoritos ao Brasileiro”, opinou Tostão. (SuperFC)