Home / Esporte / Atlético não espera facilidade por eliminação do São Paulo no Paulista

Atlético não espera facilidade por eliminação do São Paulo no Paulista

Adversários no confronto de quarta-feira, pelas oitavas de final da Libertadores, no Independência, Atlético-MG e São Paulo tiveram um domingo diferente em termos de resultado e motivação. O time mineiro se classificou para a final do Estadual com goleada sobre o Tombense, por 5 a 1, elevando sua confiança. Já o tricolor paulista foi eliminado pelo Corinthians, nos pênaltis, aumentando a pressão interna. Para os atleticanos, no entanto, o adversário não fica menos perigoso por isso.

Apesar do quadro aparentemente negativo vivido pelo São Paulo, o técnico Cuca pede respeito ao adversário e não vê o tricolor abatido para a decisão. “Tem de ser (respeitoso), o São Paulo tem grande plantel, sai um jogador e entra outro, igual ao nosso, não se engane, iluda, quarta-feira não será fácil, vai ser jogo duro, tem de pensar neste jogo”, afirmou.

O Atlético enfrentou o Tombense com a vantagem de ter vencido o jogo de ida por 2 a 0, em Tombos, e não teve trabalho para confirmar sua classificação em casa. “Fizemos a nossa primeira parte, dentro do Mineiro, que era chegar à final. Agora teremos dois jogos difíceis para conseguir o objetivo maior no Mineiro. Mas, antes é pensar na quarta-feira, Libertadores, jogo difícil, mas a confiança da equipe é grande”, analisou o experiente Gilberto Silva.

  • 05052013---pierre-josue-e-luan-comemoram-gol-do-volante-do-atletico-mg-contra-o-tombense-1367794934999_615x300Para um time que podia perder por até dois gols de diferença para chegar à decisão do Estadual, começar o jogo com um gol, marcado por Luan, logo aos 2 min, tornou ainda mais fácil o caminho do Atlético-MG, que goleou o Tombense, por 5 a 1, neste domingo, no Independência. Com o resultado, o time atleticano manteve a invencibilidade de um ano no Horto, o embalo para enfrentar o São Paulo, na próxima quarta-feira, pela Libertadores, e, principalmente, a vaga para a decisão do Campeonato Mineiro. O Atlético-MG espera agora a confirmação do Cruzeiro como seu adversário. Depois de golear o Villa Nova, por 4 a 0, na primeira partida da semifinal, o time celeste só será eliminado se for goleado por 5 a 0, na próxima quarta-feira, às 20h30, no Mineirão. O alvinegro mineiro, que tinha vencido em Tombos, por 2 a 0, não deu nenhuma chance ao adversário, no Independência, e construiu a vitória com extrema facilidade. O primeiro tempo terminou com 3 a 0 para a equipe atleticana.
  • Por sua vez, o São Paulo viveu situação inversa do rival mineiro. O tricolor enfrentou o Corinthians pela semifinal do Campeonato Paulista e foi eliminado nos pênaltis, após empatar por 0 a 0 no tempo normal. A derrota, que foi marcada pelas cobranças erradas de Ganso e Luis Fabiano, aumentou a pressão sobre a equipe comandada por Ney Franco.

E o time paulista precisa, na próxima quarta-feira, no Independência, precisando reverter o quadro desfavorável na temporada, a pressão sobre seu treinador, pelos resultados negativos do começo da temporada e a desvantagem no placar, já que precisará vencer por 2 a 0 ou por diferença de um gol em placar acima dos 3 a 1, para ficar com a classificação às quartas de final.

O São Paulo ainda precisará tentar se recuperar de um susto ou provável baixa para quarta-feira. O atacante Osvaldo, um dos principais atletas da equipe, saiu nos primeiros minutos do duelo contra o Corinthians reclamando de fortes dores no quadril.

  • 05052013---bernard-sente-dores-no-ombro-esquerdo-e-deixa-o-campo-ainda-no-1-tempo-1367789851622_615x300Na fácil vitória do Atlético-MG sobre o Tombense, por 5 a 1, que o classificou para a final do Campeonato Mineiro, o susto ficou por conta da saída precoce do atacante Bernard, aos 28 minutos do primeiro tempo, por ter voltado a sentir dores no ombro esquerdo. O jovem jogador, no entanto, tranqüilizou a torcida e disse que vai enfrentar o São Paulo, na próxima quarta-feira, no mesmo estádio, pela Libertadores, ?Pedi para sair por precaução, estamos em momento decisivo, em que qualquer erro, ou qualquer lesão pode nos prejudicar, para não ter que ter outro estresse pior na partida é que pedi para sair, para ficar mais confiante e tranquilo?, afirmou Bernard. Ele foi substituído aos 28 min da etapa inicial, por Guilherme.
  • Cuca lamentou a lesão do jogador, mas não vê uma possível ausência do atleta como fator importante para os dois times. “Nunca que uma pessoa sai machucado é boa notícia, a gente lamenta pela lesão, mas pode saber que não joga ele, mas joga outro”, comentou o treinador, ressaltando a qualidade do elenco tricolor.

Com tranquilidade, por causa dos últimos resultados, o Atlético inicia na tarde desta segunda-feira a preparação para enfrentar o São Paulo, motivado com a classificação para a final do Estadual. “Agora é Libertadores, de hoje até quarta é só Libertadores e depois a gente pensa no clássico, que é decisão”, disse Cuca, admitindo que o Cruzeiro será o adversário atleticano na final do Mineiro. Na próxima quarta-feira, o Cruzeiro recebe o Villa Nova e pode perder até por4 a 0.

Fonte: UOL

 

 

About admin