Home / Esporte / Bota contesta súmula e aguarda julgamento para defender Seedorf

Bota contesta súmula e aguarda julgamento para defender Seedorf

seedorf-foi-expulso-no-fim-da-partidaGerente executivo de futebol do Alvinegro diz que conversou com o jogador e ele negou  que tenha ofendido o árbitro Philip Bennett contra o Madureira

Depois da divulgação da súmula do jogo entre Botafogo e Madureira, em que o árbitro justificou a expulsão de Seedorf com supostas ofensas, a diretoria alvinegra se pronunciou. O gerente executivo de futebol do clube, Aníbal Rouxinol Segundo, contou que conversou com o holandês e que contesta o relato do juiz.

O dirigente disse estar otimista sobre uma possível absolvição do jogador, mas disse que não vai revelar os detalhes da defesa. Seedorf será denunciado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que em breve irá marcar a data do julgamento.

– Contestamos o que está escrito e vamos nos defender. Vamos esperar o julgamento, só a partir daí que o caso terá continuidade. Dentro do julgamento, todas as questões serão levantadas. Conversamos com o atleta e de antemão afirmo que ele não disse aquilo. Não é porque está na súmula que o atleta está condenado. Estamos otimistas (na absolvição).

Aníbal Rouxinol contou que ficou sabendo que a Comissão de Arbitragem aprovou a atuação de Philip Georg Bennett, e, desta forma, o clube não entrará com uma representação. O dirigente, no entanto, acredita que houve um erro o juiz ao não perceber que André Bahia entraria no lugar de Cidinho, que estava machucado, e não de Seedorf.

– O árbitro se equivocou, mas vamos aguardar o julgamento. Ficamos sabendo dos elogios que fizeram da atuação dele e que a Comissão de Arbitragem entendeu que ele foi bem.

O dirigente alvinegro disse que o clube entendeu como acertada a anulação da marcação do pênalti cometido em cima de Rafael Marques, apesar da demora da decisão.

– Quando ocorreu, ficamos surpresos. Mas ao que parece as partes se comunicaram e marcação foi acertada.

Philip Bennett não deve ser punido, mas o auxiliar Luiz Claudio Regazzoni, que não alertou inicialmente para a marcação do impedimento de Seedorf na origem do lance, deverá ser afastado para reciclagem.

FONTE: globoesporte.com


About Redação