sexta-feira , 24 novembro 2017
17 de Maio de 2013

CBF nega contato de Felipão com Cuca sobre aspectos extra-campo de Ronaldinho

Em nota oficial, entidade garante que contato entre os dois treinadores abordou apenas questões técnicas em relação aos jogadores do Atlético

DANIEL HOTT

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se posicionou nesta quinta-feira sobre a polêmica envolvendo a não convocação de Ronaldinho Gaúcho para defender a seleção brasileira na Copa das Confederações, neste ano. Por meio de nota oficial (veja abaixo), a entidade negou que o técnico Luiz Felipe Scolari tenha procurado informações sobre o comportamento do craque atleticano fora dos gramados.

Segundo publicação do “Portal UOL”, Ronaldinho ficou fora da lista de convocados após uma conversa de Felipão com o técnico Cuca, que revelou alguns excessos de R10 fora de campo.

A nota da CBF esclareceu que o contato de Felipão com quaisquer treinadores só aborda aspectos relativos ao futebol, nunca se estendendo aos fatos extra-campo.  Antes disso, o técnico Cuca também havia negado tal fato, em entrevista coletiva na Cidade do Galo, na terça-feira.

“Fiquei sabendo por meio do assessor de nossa imprensa que um veiculo de comunicação informou que o Felipão ligou para mim e recebeu resposta negativa minha sobre o Ronaldo. Acho desagradável, mentirosa, para não falar outra palavra que dá vontade de falar. Ele nunca ligou para mim sobre isso. Perguntou sobre o ombro do Bernard para saber do ombro”, disse o treinador alvinegro.

Confira na íntegra a nota oficial da CBF

O técnico Luiz Felipe Scolari faz questão de esclarecer que, ao contrário do que foi veiculado em parte da imprensa, os contatos que manteve pelo telefone com o técnico Cuca, assim como com outros técnicos de clubes, se limitaram a conversas sobre os aspectos de campo (parte técnica) dos jogadores.

O Tempo