sábado , 19 agosto 2017
28 de março de 2013

Dengue – Prefeitura decreta Estado de Emergência e vai contratar mais agentes

damon-300x200A Prefeitura de Itabira decretou Estado de Emergência motivada pelo avanço da dengue que na semana passada chegou ao índice de alto risco, 4,9% de infestação predial. O recomendado pelo Ministério da Saúde é menos de 1%. A casos em que o índice chega a 50%, como no bairro São Bento. Desde o começo do ano já foram confirmados 51 casos da doença no município e 212 casos suspeitos aguardam análises de exames.

Na prática, o Decreto possibilita a suspensão de licitação, o que agiliza o processo de compra e contratação que exige agilidade em casos extremos, facilitando a urgência de atendimento em situação que possa ocasionar prejuízo ou comprometer a segurança de pessoas, obras, serviços, etc.

Com o Decreto que passa a vigorar à partir desta quinta-feira (28),  a Prefeitura deverá contratar novos agentes. O Decreto terá validade de três meses (90 dias). Em caso de extrema urgência e confirmação da presença do mosquito transmissor da Dengue ou ocorrência da doença na localidade, os agentes sanitários poderão ingressar nas respectivas habitações, terrenos, edifícios ou no estabelecimento de forma compulsória.

Itabira ainda não registrou óbito da doença em 2013, mas a situação de risco já chegou a 35 bairros, todos com índices acima de 1,61%. Agora, a cidade já soma 92 domicílios com focos criadouros do mosquito.

O número de casos confirmados da doença é alarmante pois já é maior do que o mesmo período do ano passado, quando eram contabilizados 13 casos, o que significa uma crescente de quase cinco (5) vezes mais.

 Índice de Infestão Predial

Localidades onde foram encontrados focos:

Liraa Março/ 2013
Localidade Índice de Infestação
11/03/13 a 19/03/13
São Bento 50,00%
São Pedro 15,78%
Santa Marta 13,04%
Cônego Guilhermino 12,82%
Fênix 12,50%
Vila Piedade 11,42%
Água Fresca 11,11%
Barreiro 11,11%
Eldorado 9,67%
Clóvis Alvim II 9,52%
Pará 9,43%
Madre Maria de Jesus 8,57%
Boa Esperança 7,70%
São Marcos 7,14%
Vila São Geraldo 7,14%
Vila Salica 7,14%
Campestre 6,45%
Nossa Senhora das Oliveiras 6,45%
Bálsamo 6,25%
Área Verde 6,25%
Amazonas 5,71%
Jardim Gabiroba 5,45%
Areão 5,40%
Bethânia 5,17%
Machado 5,00%
Major Lage 4,76%
Santa Ruth 4,54%
Vila Paciência 4,54%
Clóvis Alvim I 4,00%
Gabiroba 4,00%
Novo Amazonas 4,00%
Pedreira 3,84%
João XXIII 2,43%
Colina da Praia 1,85%
Caminho Novo 1,61%
Nº de domicílios com focos 92
Domicílios Pesquisados 1892
Índice Médio de Infestação 4,9%
Fonte: Programa de Controle de Febre Amarela e Dengue – PCFAD
Secretaria Municipal de Saúde – Seção de Vigilância Epidemiológica

FONTE: Via Comercial