sexta-feira , 22 setembro 2017
14 de maio de 2013

Felipão não teme pressão por R10: ‘O pau vai comer de qualquer jeito’

Treinador lembra a Copa do Mundo de 2002 quando sofreu cobranças
por deixar Romário fora do Mundial da Ásia: ‘Vai ser diferente agora?’

O técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu nesta terça-feira ao deixar fora da lista para Copa das Confederações nomes consagrados, como Kaká e Ronaldinho Gaúcho. Durante todo o primeiro semestre, o treinador havia dado a entender que levaria um dos dois para o meio de campo da seleção brasileira.

Durante a convocação, o treinador frisou, em mais de uma oportunidade, que não falaria sobre jogadores que não estão lista. Felipão, no entanto, disse não temer a pressão por deixar fora atletas mais experientes. O técnico ressaltou ainda que as cobranças existirão, independentemente dos jogadores que estarão representando o Brasil, e lembrou da Copa de 2002, quando ele foi muito contestado pela ausência de Romário.

– Vai ser diferente agora? Se não der certo, eu tenho que estar preparado para isso. Convoquei A, B ou C pois acredito que isso é o melhor para a seleção brasileira. Acredito que mesmo que eu levasse o jogador que jornal quer ou que a televisão quer, iria ter pressão. O pau vai comer de qualquer jeito.

A seleção brasileira se apresenta no dia 27 deste mês no Rio de Janeiro. Em 2 de junho, a equipe de Felipão enfrenta a Inglaterra, na reabertura oficial do Maracanã. No dia seguinte, a delegação viaja para Goiânia, onde será realizado o restante da preparação. Antes da estreia na Copa das Confederações, em 15 de junho, contra o Japão, o Brasil também enfrenta a França, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, em 9 de junho.

Fonte: Globoesporte.com

Foto: Mowa Press