quarta-feira , 23 agosto 2017
25 de abril de 2013

Jovem do Pedreira não morreu de dengue hemorrágica, aponta laboratório

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), de Itabira, afirmou que os exames de um jovem morador do bairro Pedreira do Instituto, que faleceu no começo do mês no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), sob suspeita de dengue hemorrágica, deram negativo.

Segundo o secretário de saúde, Reynaldo Damasceno, ainda não se sabe o diagnóstico do que pode ter causado a febre que causou a morte do jovem. A suspeita é que a vítima tenha morrido de febre leptospirose ou retrovírus..

Os resultados foram entregues à Prefeitura pela Fundação Ezequiel Dias – Funed – e descartaram morte por dengue hemorrágica, febre amarela e hepatite A.

Desde o começo do ano Itabira já confirmou 101 casos da dengue e outras 504 notificações.