sexta-feira , 24 novembro 2017
10 de Maio de 2013

Minas já registra 59 mortes por dengue e quase 100 mil casos

Em apenas uma semana, foram mais de 11 mil casos notificados, totalizando 325.417. Das 59 mortes registradas, 63% são mulheres

 Mais cinco mortes por dengue foram confirmadas em Minas Gerais em apenas sete dias, subindo para 59 o número de vítima fatais em decorrência da doença neste ano. O número de casos notificados também aumenta de forma assustadora. Em uma semana, mais de 11 mil casos foram registrados, totalizando 325.417. Deste total, 99.659 representam casos confirmados, um aumento de 12% em relação a semana passada.

De acordo com boletim divugado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta sexta-feira, quatro das últimas cinco mortes registradas são de mulheres. Entre elas, estão uma moradora de Ubaporanga, de 53 anos, e uma idosa de 67 anos, de Itambacuri, ambas no Vale do Rio Doce, uma de 46, de Nova Serrana, Região Centro-Oeste de MG e uma jovem de 21, moradora de Santa Luzia, na Grande BH. O homem, de 57 anos, morreu na cidade de Conquista, no Triângulo Mineiro.

O levantamento da SES mostra ainda que, dos 59 óbitos notificados até o momento, 63% das vítimas são mulheres. A região com o maior número de mortes é o Triângulo Mineiro, com 19 mortes ao todo. A maioria em Uberaba que registra 13 óbitos, seguida de Uberlândia (2) e Ituiutaba (2), Carneirinho (1) e Conquista (1).

O avanço da dengue no Estado, segundo levantamento da SES, ocorre em virtude da circulação do sorotipo DEN-4, que não atuava em Minas há 30 anos, o que deixa a população com menos de 30 anos mais suscetível à infecção pelo vírus. O número de doentes confirmados apenas nesses primeiros meses do ano ultrapassam os casos totais de 2012, 2011, 2009 e 2008. Na epidemia de 2010, foram registrados mais pacientes contaminados, 194.636.

A SES argumenta, ainda, que a transmissão simultânea por diferentes sorotipos, através dos exames de isolamento viral: DEN-1, DEN-2 e DEN-3, a partir de 2008, comprovada pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), influencia o aumento da transmissão de dengue e a ocorrência de maior número de casos graves.

A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA) confirmou 21.149 casos de dengue até o momento. O maior número de notificações é da Regional Nordeste, que já acumula 4.983 casos confirmados, seguida pelas regionais Norte, com 4.262, e Venda Nova, com 2.579 confirmações.

Com Renata Stuart

Fonte: em.c.be