terça-feira , 26 setembro 2017
17 de agosto de 2017

O sucesso por trás da ação que custava R$7,74 em dezembro de 2015, e hoje vale R$490,00

Magazine Luiza está mais perto do Ibovespa e ação encosta em R$ 500

s ações do Magazine Luiza (SA:MGLU3) viveram mais uma sessão de alta e subiram 7,87%, para R$ 490. A empresa anunciou nesta manhã uma proposta de desdobrar as suas ações na proporção de uma ação para oito com o objetivo de aumentar o acesso ao investidor que negocia em lotes de 100 papéis. Os papéis têm alta de 363% só em 2017.

“A realização da operação de desdobramento das ações ordinárias de emissão da Companhia tem como principais objetivos: (a) aumentar a liquidez das ações; e (b) conferir melhor patamar para a cotação das ações de emissão da Companhia a fim de torná-las mais acessível aos investidores“, explica a empresa.

Segundo a corretora Coinvalores, “o split das ações tem como objetivos aumentar a sua liquidez (e consequentemente entrar no principal índice da B3) e conferir melhor patamar para a cotação, a fim de torná-las mais acessíveis aos investidores. No entanto, ainda não foi divulgada a data em que as ações passarão a ser negociadas desagrupadas”.

A segunda prévia do Ibovespa, índice que é alterado a cada quatro meses, foi anunciada hoje com a entrada das ações da Taesa. A última prévia será publicada no dia 1º de setembro. Por isso, a expectativa é de que a possível entrada no benchmark só aconteça a partir de 2018. As ações do Magazine Luiza já fazem parte hoje do índice IBrX Brasil.

Por Money Times