Home / Esporte / Pressionado e sem Luxa, Grêmio recebe ‘melhor visitante’ da Libertadores

Pressionado e sem Luxa, Grêmio recebe ‘melhor visitante’ da Libertadores

28mar2013---tecnico-vanderlei-luxemburgo-observa-a-partida-entre-gremio-e-cruzeiro-rs-pelo-campeonato-gaucho-1364513166554_615x300O Grêmio abre as disputa por uma vaga nas quartas de final da Libertadores nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena. O adversário é o Independiente Santa Fé, que defende o melhor retrospecto como visitante no torneio. Foram 7 pontos conquistados longe da Colômbia. Não bastasse a força do oponente, o Tricolor ainda vive clima de pressão e Vanderlei Luxemburgo, que está ameaçado, sequer ficará no banco de reservas.

A ausência do treinador se deve a punição imposta pela Conmebol. Em razão da briga ao fim da partida contra o Huachipato, Vanderlei não pode ficar à beira do gramado pelos próximos seis jogos. O auxiliar técnico Roger será o substituto nesta quarta.

Eliminado das finais dos dois turnos do Gauchão, o Grêmio vê na partida contra o Santa Fé a última chance para Luxa. Se perder, a direção tende a ceder e buscar um novo treinador. Isso porque o técnico, atualmente, tem só três apoios, mas os mais fortes para permanecer. Fábio Koff, Rui Costa e Marcos Chitolina.

Nos bastidores do clube pessoas importantes da direção acreditam que é hora de mudança. Em caso de infortúnio, um novo comandante de campo seria fator de mobilização ao elenco, que terá 15 dias até a partida de volta, em Bogotá.

Mas nem o mais pessimista pensa que o Grêmio possa ser derrotado. A ideia é criar vantagem, quebrar a invencibilidade do Santa Fé longe de seus domínios e acalmar o ambiente. E para isso, a equipe não terá seu principal jogador. Zé Roberto cumpre suspensão pelo terceiro amarelo e não participará do jogo.

Luxemburgo comandou treinamentos fechados durante a semana e irá promover uma alteração tática na equipe. Em vez de Marco Antonio, Alex Telles entra na lateral esquerda com André Santos indo para o meio-campo. Ao seu lado, na criação de jogadas, Elano retorna após longo período lesionado.

Restando menos de quatro mil ingressos para serem comercializados, o clima na Arena deve ser outro. Após as reclamações do técnico gremista, que disse que o estádio é ‘gelado’ e tem ‘clima de teatro’, a Polícia Militar liberou a entrada de aficionados com instrumentos, que ficarão nas cadeiras. As músicas voltarão e a ideia da torcida é que embalem o time, que vem de fracas atuações.

Enquanto isso, o Independiente Santa Fé aposta no bom retrospecto como visitante. Foram três jogos fora de casa até agora: vitórias contra Cerro Porteño e Deportes Tolima e empate diante do Real Garcilaso.

A principal estrela do time é conhecido dos brasileiros. Cristian Borja, com passagens por Internacional e Flamengo, leva as esperanças do ataque colombiano. O time está motivado e lidera o torneio nacional, além de ser o último invicto da Libertadores.

Do UOL, em Porto Alegre

About admin