sábado , 21 outubro 2017
24 de abril de 2013

Professores da rede municipal de João Monlevade prometem entrar em greve a partir de amanhã

Os professores da rede municipal de João Monlevade prometem entrar em greve a partir de amanhã, quarta-feira (24). A decisão ocorreu na noite de ontem (22) em assembleia do funcionalismo público. A paralisação nos demais setores ainda não foi definida, pois não houve acordo. Portanto, diante disso, foi formada comissão para tratar do assunto.

A greve dos professores é motivada pela proposta de reajuste zero da administração municipal. Há duas semanas, os servidores municipais fizeram protesto com paralisação dos serviços públicos durante um dia, sendo que a maior parte das adesões partiu dos educadores.

O caminho que a negociação salarial tomou desagradou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de João Monlevade (Sintramon), Carlos Silva. “Ou ele acha que está lidando com um bando de Zé Mané ou ele não está nem ai para a situação”, comentou o sindicalista durante a assembleia da categoria se referindo a Teófilo Torres.

Na última sexta, em carta assinada pelo prefeito de João Monlevade, Teófilo Torres (PSDB), o Executivo deixou claro que não aumentará o salário do funcionalismo. No documento, o prefeito afirma trabalhar para o aumento da arrecadação e garante que a partir de 2014 será feito a recuperação salarial de todos os servidores.

Negociações arrastadas

As negociações para reajuste salarial do funcionalismo se arrastam a quase dois meses. Os servidores querem aumento de 10%, que chegou a ser negociado em pagamento parcelado. No entanto, a administração bate o pé e afirma ser impossível conceder o reajuste.

Na semana passada, o prefeito Teófilo, em encontro com a imprensa, chegou a comentar que o mínimo que o Executivo deveria fazer é conceder o aumento salarial com base nos índices inflacionários. “Não é que não queremos reajustar os salários, o problema é que não temos dinheiro”, defendeu o prefeito.

Última Notícia
Por Via Comercial