sábado , 19 agosto 2017
11 de abril de 2013

R10 nega mágoa com o Fla, mas destaca plantel e estrutura do Galo

Meia aponta série invicta no Rubro-Negro como momento especial, nunca vivido em ‘nenhum outro clube’, e revela saudade de jogadores e funcionários

ronVivendo um grande momento no Atlético-MG, com a classificação na primeira colocação geral da fase de grupos da Taça Libertadores,Ronaldinho Gaúcho guarda lembranças positivas do Flamengo, apesar de toda a batalha judicial travada com a ex-diretoria rubro-negra. Em entrevista ao “Arena”, o meia disse estar vivendo uma fase única de sua carreira no Galo, mas destacou a série invicta de 25 jogos de seu ex-clube, conquistada no primeiro semestre de 2011, além dos amigos feitos na Gávea, entre eles funcionários do clube.

– Foram meses sem perder um jogo. Isso não vivi em nenhum outro clube pelos quais passei. Jogar lá tem um gosto especial, é uma grande camisa. Tenho saudade dos companheiros, desses meses (sem perder) que vivi no Flamengo – disse.

Ronaldinho foi campeão carioca em 2011 e viu a série invicta do Flamengo cair apenas em maio, na derrota por 2 a 1 para o Ceará, na Copa do Brasil. O meia ressaltou que não guarda mágoas com o clube. O jogador ganhou na Justiça o direito de rescindir o seu contrato em função de atrasos de salário e acertou, em seguida, com a equipe mineira.

– Não tenho mágoa nenhuma com o clube. Tinha um contrato, a direção naquela época não cumpriu. Tenho carinho muito grande, deixei muitos amigos, entre funcionários – disse.

No Atlético-MG, Ronaldinho apontou a estrutura e a qualidade da equipe como fatores principais para a sua opção pelo clube. A equipe terminou o Campeonato Brasileiro em segundo lugar em 2012 se classificou antecipadamente à fase mata-mata da Libertadores deste ano, com cinco vitórias em cinco jogos na fase de grupos.

– Aqui tem um plantel diferente, um momento bom no clube. Mas eu tive um momento bom no Flamengo. O objetivo era voltar à Libertadores, e conseguimos. Aqui foi o mesmo objetivo. Fizemos uma equipe forte para essa Libertadores – afirmou.

Ronaldinho negou, contudo, ser o grande atrativo do Galo para a contratação de outros jogadores.

– É mais o lado de todo mundo ver a estrutura que tem o Atlético. Todos sabiam da possibilidade de disputar a Libertadores. Eu fui um dos primeiros, depois a galera começou a vir.

FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Reprodução Sport TV