sábado , 21 outubro 2017
3 de maio de 2013

Reservas ou titulares? Conversa vai definir o Flu para a final da Taça Rio

Comissão técnica e diretoria tricolor ainda não fecharam o planejamento para o clássico contra o Botafogo: ‘Temos que analisar muito bem’, diz Abel

img_1396 (1)O dilema já era grande, e aumentou ainda mais após a derrota por 2 a 1 para o Emelec na última quinta-feira. Precisando da vitória sobre os equatorianos na partida da próxima quarta para chegar às quartas de final da Libertadores, o Fluminense ainda não sabe que time vai mandar a campo na final da Taça Rio. Uma conversa entre a comissão técnica e a diretoria tricolor após o retorno ao Rio irá definir o planejamento para o confronto decisivo de domingo, com o Botafogo,  em Volta Redonda.

A tendência é que alguns jogadores sejam poupados. Ao analisar a situação, o técnico Abel Braga exaltou a importância das duas próximas partidas, mas classificou a Libertadores como um ‘objetivo maior’ do clube.

– Vamos esfriar a cabeça agora e conversar muito com a direção em relação a domingo. O jogo da próxima quarta é fundamental. Domingo também é, mas em termos de recuperação o tempo é curto demais. Temos de chegar a um consenso do que é mais importante. Domingo é? Claro, trata-se de uma decisão. Mas quarta também. E a Libertadores é um objetivo maior do clube – resumiu o treinador.

Segundo o treinador, no entanto, o time que for a campo no fim de semana vai estar focado somente na decisão do segundo turno. Não faltaram também elogios ao Botafogo.

– Vamos enfrentar nada menos do que a melhor equipe do Campeonato Carioca, que joga por um empate para ser campeã. Temos que analisar muito bem. Fazer um pronunciamento agora é complicado. Temos que sentar e resolver o que é melhor, se devemos poupar alguns jogadores… É decisão domingo, decisão quarta. E quem jogar vai entrar para vencer – avisou.

Caetano: ‘Não podemos desprezar a chance de título’

O departamento médico e a fisiologia do clube também terão um papel importante na decisão. Todos os jogadores serão avaliados nos próximos dias para que seja analisado o nível de desgaste de cada um. Segundo o diretor executivo de futebol do Tricolor, Rodrigo Caetano, a esperança é que a maioria consiga se recuperar bem para estar à disposição de Abel. Nas palavras do dirigente, nunca se pode desprezar uma chance de título.

– Primeiro temos que ouvir o lado médico e da fisiologia também. A recuperação é uma questão bastante pessoal de cada atleta. Em termos de conceito, não podemos também desprezar jamais a chance de um título. Vamos dar a devida importância ao jogo, mesmo que ele valha só o turno e depois abra a possibilidade de mais duas outras partidas. Esperamos que todos os jogadores consigam se recuperar bem e que o maior número deles esteja à disposição do Abel. Essa é a nossa esperança – frisou Rodrigo.

Além dos exames, a opinião dos próprios jogadores também será levada em conta. Os atletas que apresentarem um nível mais acentuado de cansaço físico, no entanto, serão poupados de acordo com o preparador físico Cristiano Nunes.

– Vamos conversar muito. Temos uma viagem longa de volta ao Rio e na reapresentação falaremos com os atletas. Esse feedback vai ser muito importante. Os que apresentarem um cansaço mais acentuado serão poupados para enfrentar o Emelec na próxima quarta. Sábado devemos ter uma posição mais definida. Precisamos fazer os exames para ter uma posição real e fidedigna do stress físico de cada um. Quem se recuperar bem estará em campo contra o Botafogo – lembrou.

O elenco do Fluminense embarcou de volta ao Brasil horas depois da partida em Guayaquil e deve pousar no Rio por volta de 10h. Todos os jogadores que viajaram serão liberados e têm de se reapresentar já na noite desta sexta-feira no hotel que serve de concentração para o clube na Zona Sul da cidade. A decisão da Taça Rio contra o Botafogo será no domingo, às 16h (de Brasília), em Volta Redonda. O empate dá o título antecipado do Campeonato Carioca ao adversário. Ao clube das Laranjeiras só resta a vitória para confirmar a conquistar e obrigar a realização de mais duas partidas entre os rivais para definir o campeão estadual.

Fonte: Globoesporte.com

Foto: Edgard Maciel de Sá