Home / Destaque / STF adia decisão sobre Aécio, mas tira Andrea Neves da prisão

STF adia decisão sobre Aécio, mas tira Andrea Neves da prisão

A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) adiou a sessão que vai decidir sobre o pedido de prisão de Aécio Neves (PSDB).

A Corte também julgou o pedido de liberdade de Mendherson Lima, apontado como operador de Aécio, e decidiu por tirá-lo da prisão e fixar monitoramento eletrônico por tornozeleira.

O benefício da prisão domiciliar também foi estendido a Andrea Neves, irmã do senador.

Aécio Neves foi investigado pela Polícia Federal (PF) na Operação Patmos, originada a partir das delações da empresa JBS, e denunciado ao Supremo pelos crimes de corrupção e obstrução da Justiça.

Na denúncia, a PGR acusa Aécio Neves de solicitar R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos delatores da JBS.

Na semana passada, a PGR reforçou o pedido de prisão e alegou que Aécio Neves não está cumprindo a medida cautelar de afastamento.

Exame

Scroll To Top